Posts Tagged ‘kuduro’

Na noite de sábado, tudo junto e misturado

30/08/2009

bill-kJunto e misturado. Essa foi a tônica da noite de sábado do Back2Black, que reuniu no palco da Estação Leopoldina diferentes propostas culturais para falar da produção cultural feita nos guetos do mundo. O rapper MV Bill trouxe o hip-hop produzido na Cidade de Deus para mostrar que exclusão social se combate com informação e cultura. Acompanhado da irmã, K-milla CDD, Bill mostrou as músicas do seu trabalho mais recente misturando a batida do hip-hop com instrumentos de percussão e violino. O público gostou da mistura e noite estava apenas começando.

blackrioA legendária Banda Black Rio foi a segunda a se apresentar na noite. Comandada pelo músico William Magalhães, filho de Oberdan Magalhães, a banda transformou a estação Leopoldina em um grande baile black, com a direito a passinhos ensaiados, para fazer justiça ao homenageado da noite, Tim Maia. Ed Motta foi o primeiro convidado e, como um autêntico soulman, foi logo mostrando a que veio. Improvisando no comando do público, fez a plateia interagir soltando a voz em vários sucessos dele e de seu tio. Logo em seguida, a Black Rio emendou nas canções da fase Racional — foi a deixa para Mano Brown e MC Ice Blue, integrantes dos Racionais MCs, entrarem em cena para delírio do público.

krumpLogo após veio o show Encontro das Periferias, onde o DJ Znobia soltou as batidas para os dançarinos angolanos de kuduro, deixando todo mundo impressionado com o molejo. Em seguida, a dançarina e cantora Miss Prissy apresentou o krumping, juntando domínio corporal e liberdade numa apresentação forte que dialogava o tempo todo com temáticas sociais levantadas ao longo da conferência Cultura e Desenvolvimento, realizada horas antes. O DJ Sany Pitbull foi o último a subir e fez uma dupla homenagem: a Michael Jackson, que ontem faria aniversário, e ao mestre Tim Maia, numa gravação que falava da importância do negro na sociedade brasileira. No fim, todos os dançarinos subiram ao palco para mostrar que não existe barreiras para a música.

E hoje ainda tem mais! A conferência começa às 17h e o show às 19h.

Veja as fotos exclusivas do show de MV Bill, da Banda Black Rio com Ed Motta e Mano Brown, e do show Encontro das Periferias.


MV Bill se apresenta com K-mila CDD

Ed Motta e Banda Black Rio com “Sossego”, comandando passinho do público

Ed Motta canta “Fora da lei” acompanhado da Black Rio

Anúncios

Kuduro, funk e krumping: guetos globais se encontram no Rio

24/08/2009

Na noite do próximo sábado, dia 29, o som que chega na Estação Leopoldina é do gueto, ou melhor, dos guetos de Luanda, Rio e Los Angeles. Diferentes vertentes musicais que usam a tecnologia como linguagem e instrumento de disseminação artística.

Seja ao som do batidão, do hip hop ou do kuduro, o negócio aqui é mexer o corpo sem parar ao lado do DJ Sany Pitbull (funk carioca), DJ Znobia (kuduro de Angola) e do povo do krumping (estilo de dança do hip hop) de Los Angeles: DJ Goofy, Miss Prissy, Deuce, Bad Newz e “O”utlaw.

No domingo, dia 30, à tarde,  acontece ainda uma oficina de krumping gratuita com os dançarinos Miss Prissy, Deuce, Bad Newz e “O”utlaw no morro Santa Marta.

Visite o site do Back2Black Festival e acompanhe as novidades também no Twitter.

Compre já o seu ingresso!

Veja o trailer do documentário Rise, do fotógrafo David LaChapelle, sobre o krumping:



Conheça um dos hits do DJ Znobia:

Veja o DJ Sany Pitbull em ação:

MV Bill traz o bonde para a segunda noite do festival

19/08/2009

MV Bill é um dos grandes nomes do segundo dia (29) do festival Back2Black. O rapper acaba de lançar o clipe O Bonde não Para, onde estreia como diretor e roteirista. Para esse primeiro trabalho, Bill escolheu como cenário a Cidade de Deus e reuniu um elenco linha de frente: sua própria família. Estão lá Mano Juca (Pai), Dona Cristina (mãe), Kmila CDD (irmã), além de quatro sobrinhos.

Antes do show, ele participa da conferência Cultura e desenvolvimento com o cineasta sul-africano Gavin Hood e o cantor Youssou N’Dour, sendo mediado pela cineasta Kátia Lund (co-diretora de “Cidade de Deus“)

No mesmo dia ainda tem homenagem a Tim Maia, com a Banda Black Rio e convidados. Para fechar, bailão classe mil com funk (Sany Pitbull), kuduro (DJ Znobia) e krumping (DJ Goofy), cada qual com seus bailarinos mas todos juntos e misturados.

O bonde não para nunca. Veja o clipe do MV Bill:

Visite o site do Back2Black Festival e acompanhe as novidades também no Twitter.

Compre já o seu ingresso!

DJ Znobia traz o kuduro de Angola para o Rio

17/08/2009

Se você ainda não sabe o que é kuduro, prepare-se para ser conquistado pelo som eletrônico que veio dos guetos de Luanda.

Assim como o funk, o kuduro mistura batidas fortes, rápidas e uma boa dose de sensualidade na forma de dançar que fizeram o gênero se espalhar em vários países, inclusive no Brasil – onde festas como a Dancing Cheetah chacoalham a pista com o kuduro e outros ritmos do chamado “global ghettotech”.

No bailão Encontro das Periferias, no sábado 29, você vai poder ver de perto um dos principais nome da cena angolana, DJ Znobia e seus dançarinos.

Conheça o DJ Znobia em ação com o grupo Buraka Som Sistema em “Sound of Kuduro”:

Visite o site do Back2Black Festival e acompanhe as novidades também no Twitter.