Posts Tagged ‘Kátia Lund’

Cultura e desenvolvimento em discussão no Back2Black

29/08/2009

seminario29O segundo dia do festival começou com a conferência Cultura e Desenvolvimento, que apontou os principais desafios para um maior intercâmbio entre o continente africano e o Brasil. A cineasta Kátia Lund, mediadora da palestra, citou, como exemplo, a dificuldade de exibição de filmes produzidos na África no nosso país. “Só para vocês terem uma ideia, um filme de baixo orçamento paga a mesma taxa de uma mega produção. Precisamos repensar isso. Eventos como o Back2Black servem de oportunidade para pensar a construção de uma ponte cultural”, diz.

MV Bill falou da sua trajetória e da importância dos movimentos sociais para o desenvolvimento de um povo. Durante o debate, o rapper levantou a questão do racismo velado que persiste na sociedade e fez uma comparação com as telenovelas: “É muito raro um casal de protagonista negro dentro de uma novela”.

A questão do racismo também foi levantada pelo cineasta Gavin Hood, a partir da pergunta formulada por MV Bill sobre o poder de transformação social que a cultura pode propiciar: “Eu lembro que foi através do cinema me que dei conta do racismo que existia na África do Sul”, afirmou Hood.

Angelique Kidjo e Youssou N’Dour falaram do poder da educação e das novas tecnologias como forma de integrar o continente com o mundo: “A internet está em todo lugar, inclusive na África. As pessoas estão interligadas e essa rede funciona para expandir os horizonte culturais”, pontuou Angelique.

Anúncios

Gavin Hood, Youssou N’Dour e MV Bill discutem “Cultura e desenvolvimento” no sábado

25/08/2009

Neste sábado, às 20h, o Back2Black Festival enfocará a relação entre cultura e desenvolvimento. Discutirão o tema o cineasta sul-africano Gavin Hood, o cantor Youssou N’Dour, considerado “a voz da África”, e o rapper e ativista MV Bill, contando com a mediação de Kátia Lund, co-diretora de Cidade de Deus.

O escritor angolano José Eduardo Agualusa levanta as questões pertinentes ao tema Cultura e Desenvolvimento:

A intenção desta mesa é discutir a forma como as diversas expressões artísticas, da literatura ao cinema passando pela música popular, podem contribuir para criar debate, e promover a democratização e o desenvolvimento nos países africanos, e, no caso do Brasil, das comundades exclúidas de origem africana. Será também interessante comparar os modelos de exclusão no Brasil e em África – e as experiências em curso para os ultrapassar e construir um futuro mais justo.

Após o seminário, haverá três grandes shows, também na Estação Leopoldina:
22h – MV Bill
23h30 – Banda Black Rio em um tributo a Tim Maia. Convidados especiais: Ed Motta, Mano Brown e MC Ice Blue (Racionais MCs)
01h – Encontro das Periferias: Funk Carioca (DJ Sany Pitbull e dançarinos), Kuduro de Angola (DJ Znobia e dançarinos), Krumping de Los Angeles (DJ Goofy, Miss Prissy, Deuce, Bad Newz e Out Law)

Visite o site do Back2Black Festival e acompanhe as novidades também no Twitter.

Compre já o seu ingresso!

Programação Oficial

08/08/2009

28, 29 e 30 de agosto
Estação da Leopoldina
Rio de Janeiro/RJ

Back2Black Festival é um evento de proporções internacionais com o objetivo de relembrar a África como berço da civilização e celebrar o continente como pólo de discussão política e difusor de cultura.

# 28/agosto

Conferência:
Construindo utopias

Bob Geldof e Breyten Breytenbach
mediador José Eduardo Agualusa

Shows:
As Vozes da África e do Brasil
Gilberto Gil (show acústico)
Youssou N’Dour (participação: Marisa Monte)

# 29/agosto

Conferência:
Cultura e desenvolvimento

Gavin Hood, Youssou N’Dour e MV Bill
mediadora: Kátia Lund

Shows:
MV Bill
Banda Black Rio (convidados especiais: Ed Motta, Mano Brown e MC Ice Blue (Racionais MCs))
Encontro das Periferias
Funk Carioca (DJ Sany Pitbull e dançarinos)
Kuduro de Angola (DJ Znobia e dançarinos)
Krumping de Los Angeles (DJ Goofy, Miss Prissy, Deuce, Bad Newz e “O”utlaw)

# 30/agosto

Conferência:
A África na Construção do Mundo. O Futuro.

Graça Machel, Gilberto Gil e Dambisa Moyo
mediador: Alberto da Costa e Silva

Shows:
Celebração do Samba – Conduzido por Mart’nália
Brasil: Dona Ivone Lara, Marina Lima, Luiz Melodia, Maria Gadú, Rodrigo Maranhão e Margareth Menezes
África: Angélique Kidjo, Paulo Flores e Mayra Andrade
Cuba: Omara Portuondo

Nos três dias do Back2Black Festival, a diretora Bia Lessa (responsável pela cenografia do evento, apresentará sua instalação inédita “Somos todos africanos. Somos todos humanos. Back to black.”