Posts Tagged ‘Bob Geldof’

Construindo e desconstruindo utopias no primeiro seminário

29/08/2009
Bob Geldof

Bob Geldof

O Back2Black Festival começou quente com a conferência Construindo Utopias. De um lado, o escritor sul-africano Breyten Breytenbach, notório por sua luta contra o apartheid, ao mesmo tempo em que apresentou números alarmantes da realidade africana, também apontou como sua grande utopia pessoal a existência de uma África que tenha sua importância reconhecida e valorizada.

“Esqueçam a utopia”, contrapôs o cantor e ativista político Bob Geldof em sua fala. “A utopia leva ao genocídio, porque a utopia de uma pessoa pode ser  a desgraça de outra. O futuro deve ser construído coletivamente.”

Serão três dias de debate que  proporcionarão visões singulares do continente africano sobre temas complexos, em busca de soluções construídas de forma coletiva, como afirma  Bob Geldof: “O paradigma do futuro deve ser cooperação e não competição”.

Live Aid e a construção de utopias, dia 28 no Rio

18/08/2009

Década de 80, o mundo se chocava com imagens de uma África devastada pela miséria, em especial a Etiópia, onde milhares de pessoas morriam de fome todos os dias. Desse contexto, surgiu em 1985 um dos maiores festivais em prol de uma causa social do mundo, o Live Aid. Estima-se que 1,5 bilhão de espectadores ao redor do globo tenham assistido, ao vivo, as 16 horas de concerto que reuniu mais de 100 artistas. No total, foram arrecadados entre 40 e 50 milhões de libras na época.

Esse mega festival surgiu a partir da visão do músico e ativista Bob Geldof, que estará no Rio de Janeiro participando do festival Back2Black, dia 28, na conferência “Construindo Utopias”, onde debaterá com o artista sul-africano Breyten Breytenbach e terá mediação do escritor angolano José Eduardo Agualusa.

No mesmo dia, ainda acontece o show As Vozes da África e do Brasil com Gilberto Gil (show acústico) e Youssou N’Dour — que recriará com Marisa Monte sua música “Seven seconds”, sucesso gravado em dueto com Neneh Cherry.

Assista ao dueto de Youssou N’Dour e Dido no Live 8 de 2005, onde cantaram “Seven seconds”:

Visite o site do Back2Black Festival e acompanhe as novidades também no Twitter.

Programação Oficial

08/08/2009

28, 29 e 30 de agosto
Estação da Leopoldina
Rio de Janeiro/RJ

Back2Black Festival é um evento de proporções internacionais com o objetivo de relembrar a África como berço da civilização e celebrar o continente como pólo de discussão política e difusor de cultura.

# 28/agosto

Conferência:
Construindo utopias

Bob Geldof e Breyten Breytenbach
mediador José Eduardo Agualusa

Shows:
As Vozes da África e do Brasil
Gilberto Gil (show acústico)
Youssou N’Dour (participação: Marisa Monte)

# 29/agosto

Conferência:
Cultura e desenvolvimento

Gavin Hood, Youssou N’Dour e MV Bill
mediadora: Kátia Lund

Shows:
MV Bill
Banda Black Rio (convidados especiais: Ed Motta, Mano Brown e MC Ice Blue (Racionais MCs))
Encontro das Periferias
Funk Carioca (DJ Sany Pitbull e dançarinos)
Kuduro de Angola (DJ Znobia e dançarinos)
Krumping de Los Angeles (DJ Goofy, Miss Prissy, Deuce, Bad Newz e “O”utlaw)

# 30/agosto

Conferência:
A África na Construção do Mundo. O Futuro.

Graça Machel, Gilberto Gil e Dambisa Moyo
mediador: Alberto da Costa e Silva

Shows:
Celebração do Samba – Conduzido por Mart’nália
Brasil: Dona Ivone Lara, Marina Lima, Luiz Melodia, Maria Gadú, Rodrigo Maranhão e Margareth Menezes
África: Angélique Kidjo, Paulo Flores e Mayra Andrade
Cuba: Omara Portuondo

Nos três dias do Back2Black Festival, a diretora Bia Lessa (responsável pela cenografia do evento, apresentará sua instalação inédita “Somos todos africanos. Somos todos humanos. Back to black.”