Kuduro, funk e krumping: guetos globais se encontram no Rio

Na noite do próximo sábado, dia 29, o som que chega na Estação Leopoldina é do gueto, ou melhor, dos guetos de Luanda, Rio e Los Angeles. Diferentes vertentes musicais que usam a tecnologia como linguagem e instrumento de disseminação artística.

Seja ao som do batidão, do hip hop ou do kuduro, o negócio aqui é mexer o corpo sem parar ao lado do DJ Sany Pitbull (funk carioca), DJ Znobia (kuduro de Angola) e do povo do krumping (estilo de dança do hip hop) de Los Angeles: DJ Goofy, Miss Prissy, Deuce, Bad Newz e “O”utlaw.

No domingo, dia 30, à tarde,  acontece ainda uma oficina de krumping gratuita com os dançarinos Miss Prissy, Deuce, Bad Newz e “O”utlaw no morro Santa Marta.

Visite o site do Back2Black Festival e acompanhe as novidades também no Twitter.

Compre já o seu ingresso!

Veja o trailer do documentário Rise, do fotógrafo David LaChapelle, sobre o krumping:



Conheça um dos hits do DJ Znobia:

Veja o DJ Sany Pitbull em ação:

Anúncios

Tags: , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: